18/03/2020

Coronavírus: Estivadores devem paralisar atividades no Porto de Santos

Por conta do avanço do coronavírus, o Sindicato dos Estivadores de Santos, São Vicente, Guarujá e Cubatão (Sindestiva) vai convocar uma assembleia, com o objetivo de definir pela paralisação das atividades em todo o Porto de Santos. Os trabalhadores, porém, se disponibilizam a ajudar quando for carga necessária ao setor de Saúde.


De acordo com nota do Sindestiva, os estivadores estão preocupados com seus trabalhadores e familiares, mas, também, com toda a população da Baixada Santista, em decorrência da pandemia do Covid-19. Por isso, acreditam que a medida mais correta é suspender as atividades, uma vez que o Porto de Santos é uma porta para o mundo e o contato com as tripulações dos navios é inevitável a cada trabalho.


Contágio

"Outra preocupação é que os navios não estão sendo vistoriados na Barra e, sim, quando já estão ancorados nos terminais, aumentando as chances de contágio. Isso, além da falta de algumas iniciativas as quais a autoridade portuária não vem tomando, como uma das coisas mais básicas, que seria o álcool gel nos gates (portões), pois todos os trabalhadores portuários avulsos e vinculados, ao adentrarem ao porto, utilizam o sistema biométrico, que é a mão", destaca Nei da Estiva, presidente do Sindestiva.
 
 
 
 

Fonte: Folha Santista

Compartilhe esta Notícia

Informativos Canaçúcar

Imprensa