Programa de Adequação Ambiental de APPs

O Programa de Adequação Ambiental das Usinas Batatais e Lins já completou, até 2015, o plantio de 2.300 milhões de mudas de árvores em margens e nascentes de rios em fazendas que a empresa utiliza para plantio, incluindo áreas próprias e de parcerias. Essas regiões são consideradas Áreas de Preservação Permanente (APPs) e são protegidas por lei, até como necessidade de preservação da própria vida humana.

A iniciativa conta com a parceria do Laboratório de Ecologia e Restauração Florestal - LERF da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Esalq/USP) e prevê o reflorestamento de uma área de 1.120 hectares na região de Batatais (SP) até 2016. Na região de Lins (SP), serão mais 1.200 hectares até 2020. Essas duas áreas que serão recuperadas equivalem a 3.300 campos de futebol.

A usina é responsável por todo o processo, incluindo o levantamento, preparo, plantio e cuidados das áreas reflorestadas, que é acompanhando por técnicos da usina e da universidade. Das 200 mil mudas plantadas anualmente em Batatais, 150 mil são de viveiro próprio e 50 mil são compradas de instituições beneficentes do município. Em Lins, as cerca de 200 mil mudas plantadas anualmente são adquiridas.

Fotos

 

Vídeo Institucional

Qualidade e Certificações

Históricos de Produção

Açúcar

Visualizar