12/09/2018

Açúcar fecha misto nas bolsas internacionais; etanol recua

 Os primeiros vencimentos do açúcar bruto, em Nova York, sofreram ligeira queda ontem (11). Os papéis para outubro/18 ficaram em 11.18 centavos de dólar por libra-peso, queda de 2 pontos. Os contratos para março/19 foram firmados em 12.00 centavos de dólar por libra-peso, baixa de 3 pontos. O vencimento para maio/19 ficou estável e os demais subiram entre 4 e 9 pontos. 

De acordo com notícia publicada nessa terça-feira pela Reuters, o motivo do recuo dos contratos futuros do açúcar bruto em Nova York foi a queda da moeda do Brasil. 

Em Londres o açúcar branco também caiu apenas no primeiro vencimento, para outubro/18, sendo firmado em US$ 328,50 a tonelada, queda de 1 dólar. Na tela dezembro/18 os papéis subiram 3,30 dólares, ficando em US$ 337,50 a tonelada. Os demais vencimentos valorizaram entre 3 e 3,40 dólares cada.


São Paulo

O indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal, estado de São Paulo, fechou ontem em R$ 59,43/saca de 50 kg. A valorização diária foi de 1,02%. De acordo com o Cepea, os preços do açúcar cristal subiram no mercado spot do estado de São Paulo impulsionados pela redução da oferta por parte das usinas, que, por sua vez, estiveram voltadas ao atendimento de contratos. Em setembro, até o momento, a valorização no mercado paulista é de 7,14%.


Etanol

etanol hidratado, medido pela Esalq/BM&F, recuou 0,83% nessa terça-feira, comparado com a sessão anterior, com negócios firmados em R$ 1.734,50 o metro cúbico.

Fonte: Rafaela Giomo. Fonte: Agência UDOP de Notícias

Compartilhe esta Notícia

Informativos Canaçúcar

Imprensa