11/06/2019

Centro-Sul: Produção de açúcar aumenta 38% na 2ª quinzena de maio; etanol sobe cerca de 72%

 

Durante a segunda quinzena de maio a produção de açúcar e etanol na safra 2019/20 superou o volume da temporada anterior. A informação foi divulgada nesta terça-feira (11) pela Unica, que também afirma que o mix de produção foi mais alcooleiro.

No período analisado, a produção de etanol hidratado e anidro na quinzena totalizou 1,42 bilhão de litros e 723,04 milhões de litros, respectivamente. De acordo com a entidade, esse volume decorre da maior moagem na quinzena e, principalmente, do mix de produção mais alcooleiro. Do volume processado de cana, desde o início da safra, 66,59% foi direcionado à produção do biocombustível. 

Já do etanol produzido a partir de milho, foram fabricados, na quinzena, 48,59 milhões de litros. No acumulado desde o início da safra, foram fabricados 201,06 milhões de litros de etanol, registrando crescimento de 71,95% em relação ao volume produzido em igual período do ano passado.

A produção de açúcar, por sua vez, registrou crescimento de 38,51%, alcançando 1,86 milhão de toneladas na segunda metade de maio ante 1,34 milhão de toneladas produzidas no último ano. 

No acumulado desde o início da safra, a produção de açúcar soma 4,84 milhões de toneladas. Já o volume acumulado de etanol alcançou 6,17 bilhões de litros, sendo 1,68 bilhão de litros de anidro e 4,49 bilhões de litros de hidratado.

"As condições de mercado observadas até o momento não geram estímulos para uma intensificação na produção de açúcar, que atingiu apenas 37,73 kg de açúcar por tonelada de cana nesta safra contra um índice de 40,59 kg no mesmo período da safra passada", explica o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues. 


Moagem

De acordo com a Unica, a quantidade de cana processada no Centro-Sul atingiu 44,01 milhões de toneladas na segunda quinzena de maio. O resultado é 34,87% superior às 32,63 milhões registradas no mesmo período da temporada passada. 

Do início da safra 2019/2020 até 1º de junho, foram processadas 128,40 milhões de toneladas, contra 135,58 milhões contabilizadas em igual período do ciclo anterior.

 

Fonte: Rafaela Giomo. Fonte: Agência UDOP de Notícias

Compartilhe esta Notícia

Informativos Canaçúcar

Imprensa