16/10/2020

Açúcar: contratos futuros fecham desvalorizados na ICE em Nova York

Os contratos futuros do açúcar bruto fecharam em baixa nesta quinta-feira (15) na ICE Futures, de Nova York. Segundo analistas de mercado, a pequena variação negativa reflete incertezas quanto a política de exportações da Índia. O dia foi marcado por muita volatilidade nos mercados do açúcar.

Em Nova York o vencimento março/21 fechou cotado em 14.18 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 2 pontos no comparativo com a véspera. Já a tela para maio/21 caiu 5 pontos, negociada em 13.66 cts/lb. Os demais contratos fecharam no vermelho entre 5 e 10 pontos.

Em Londres o único lote que fechou positivo foi o de vencimento dezembro/20, com a tonelada do açúcar branco comercializada em US$ 388,20, alta de 1,30 dólar no comparativo com a véspera. Os demais vencimentos retraíram entre 30 cents de dólar a 2,20 dólares a tonelada.


Mercado doméstico

No mercado interno o açúcar cristal, medido pelo Cepea/Esalq, da USP, continua sua trajetória de alta, registrando o terceiro dia seguido de valorização. A saca de 50 quilos foi negociada ontem em R$ 91,46, contra R$ 90,83 da véspera, alta de 0,69% no comparativo entre as datas.


Etanol diário

O Indicador Diário Paulínia para o etanol hidratado registrou sua sétima alta seguida nesta quinta-feira (15), com o metro cúbico comercializado a R$ 2.093,00, contra R$ 2.058,50 de quarta-feira, valorização de 1,68% no comparativo entre as datas. Na 1ª quinzena de outubro o indicador já soma 9,04% de alta.

Fonte: Rogério Mian, Agência UDOP de Notícias

Compartilhe esta Notícia